O que é SEO? Saiba tudo sobre Search Engine Optimization

O que é SEO? Se você trabalha de alguma forma com a internet, já deve ter ouvido falar em SEO. Essa palavrinha é, na verdade, uma sigla para o termo Search Engine Optimization, que em tradução livre significa Otimização dos Mecanismos de Pesquisa.

Afinal, o que é SEO?

O SEO é popularmente chamado de otimização de sites e abrange um conjunto de técnicas voltadas para melhorar o posicionamento de uma página nos mais variados buscadores, como Google, Yahoo! e Bing.

 

O que é SEO

Ou seja, as estratégias de SEO têm como objetivo tornar um site mais amigável aos sites de busca através do uso de palavras-chave específicas que estão relacionadas ao conteúdo do site e que ajudam a melhorar o posicionamento da página nos resultados orgânicos.

Os resultados orgânicos nada mais são do que os resultados “naturais” de uma pesquisa no Google ou em outro mecanismo de busca, são os resultados que não foram pagos.

resultados orgânicos

Benefícios de utilizar estratégias de SEO

O grande benefício de utilizar técnicas de SEO é melhorar o posicionamento do seu site na busca do Google, principal mecanismo de busca atualmente.

Pesquisas mostram que ao procurar um termo no Google ou em qualquer site de buscas, a maioria das pessoas não chega nem na segunda página dos resultados.

Isso mostra que é extremamente importante um site aparecer classificado entre os primeiros na busca, dentro da primeira página, para que assim possa ser visto por mais pessoas e receba mais tráfego.

É claro que há a possibilidade de se pagar anúncios para aparecer no topo da busca, mas, além de nem toda empresa poder arcar com esse custo, não são todas as pessoas que clicam em links e anúncios patrocinados, muitas preferem guiar suas buscas pelos resultados orgânicos, que passam credibilidade.

Dessa forma, investir na utilização das técnicas de SEO se tornou fundamental para qualquer site ou blog que queira atingir visibilidade, ter autoridade no assunto e aumentar o número de acessos orgânicos.

Como a classificação do Google funciona?

Você deve estar se perguntando como o Google consegue entender qual site é o melhor para colocá-lo no topo da lista. O Google utiliza um algoritmo que leva em consideração vários fatores e faz cálculos complexos para determinar o posicionamento das páginas.

Dentre esses fatores, o uso correto de palavras-chaves é a principal técnica de SEO, pois é através dela que o Google consegue determinar a relevância de cada site para o assunto buscado.

Isso é feito com o objetivo de oferecer ao usuário conteúdo realmente relevante para a sua pesquisa, pois o foco do Google é a experiência do usuário. O buscador trabalha então organizando tudo o que está publicado nos sites para que você encontre com mais facilidade o que está procurando.

Entretanto, o programa do Google que faz a leitura de todos os sites para armazená-los de forma organizada não consegue ler imagens ou javascript, por exemplo, eles consideram apenas o código e o texto, daí vem a extrema relevância do uso de técnicas de SEO, inclusive em legendas, no nome do arquivo e no texto alternativo.

Fatores mais influentes no rankeamento do Google

O posicionamento na busca do Google leva em conta mais de 200 fatores.

SEO

Com um número tão elevado pode ser difícil trabalhar todos eles, mas existem alguns que são mais determinantes do que outros.

No caso da otimização On Page, por exemplo, são levados em consideração aspectos da própria página que indicam ou não a relevância do site em questão para a busca do usuário. A qualidade do conteúdo é sempre analisada e esse é um dos principais fatores, junto com o Link Building, que vamos abordar mais à frente no texto.

O algoritmo também busca por textos mais completos, que resolvam as dúvidas dos leitores. O tempo de navegação influencia: quanto mais tempo os usuários permanecerem na página, maior a sua relevância, enquanto que, se um grande número de usuários fechar rapidamente o site, isso pode afetar negativamente o posicionamento.

O uso de palavras-chave no título interno e no SEO Title, bem como nas URLs, auxilia na classificação. Use ainda as palavras-chave nas Heading Tags (títulos e subtítulos destacados), pois o Google também avalia a hierarquia das informações apresentadas em um conteúdo. Ainda sobre as palavras-chaves, recentemente o Google mudou a análise, que antes era feita com base em palavras exatas e agora faz análise semântica, considerando o uso de variações da palavra-chave.

A linkagem interna conta muito na otimização On Page para aumentar a relevância da página, bem como a otimização de imagens. O site também deve ser otimizado, com design responsivo (dispositivos móveis) e carregar rapidamente, priorizando a experiência do usuário.

Há ainda os fatores externos ao site que influenciam no rankeamento do Google, conhecidos como Off Page. Localização e menções em redes sociais, por exemplo, ajudam a contribuir para os resultados que o buscador mais famoso da atualidade exibe.

Entretanto, o Link Building é o fator Off Page mais relevante, pois garante a autoridade do domínio e da página, fazendo com que se destaque perante o Google. O Link Building é basicamente as indicações que você recebe de outros sites. Quando um outro site cria um link para o seu site é uma forma de dizer que essa é uma boa página, com bom conteúdo, uma referência.

link building

Quanto maior o número de links externos feitos direcionando para o seu blog, mais aumenta a sua relevância. Mesmo a indicação de sites menos relevantes do que o seu contam, mas quanto mais relevante é a página que te indicou, mais autoridade você ganha. Isso aumenta (ainda mais) quando a indicação vem de uma página que tenha autoridade no mesmo tema tratado pelo seu site.

Quem faz o SEO?

Leigos podem aprender sobre técnicas de SEO e até colocá-las em prática.

Entretanto, o número elevado de fatores a considerar, cada um com seus detalhes e especificações, acaba tornando importante a atuação de profissionais e agências especializados em Marketing Digital e SEO para atingir de forma mais eficaz todos os resultados que essas técnicas podem oferecer a um site ou blog.

Um comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *