Dia dos Namorados no e-commerce – Números e Perfil de Compra

Dia dos namorados no e-commerce – como as redes sociais ajudam as vendas

Estamos na era pós digital e isso é uma realidade. As mídias digitais cada vez mais influenciam a vida do consumidor. Seja para comprar ou pesquisar sobre um produto, estão todos conectados, ou, a grande maioria. Dados sobre o dia dos namorados no e-commerce comprovam isso. No perfil de casados 69% tem mais de 5 anos de relacionamento. Nesta pesquisa, 76% dos namorados estão juntos a mais de três anos. No mês de maio as buscas e pesquisas online sobre presentes cresce 104%. Os dados são da Google Survey.

Dia dos namorados no E-commerce

Dados do Ebit mostram que o dia dos namorados movimentou R$ 1,8 bilhão em 2018 com um crescimento de 4% no e-commerce.

Uma pesquisa feita pela Google Survey traz os números das compras on line. Dentre o público dividido entre namorados e casados, 30% afirmou fazer a compra pela internet enquanto 37% considerou a compra on line, respectivamente.

O dia dos namorados é uma data que movimenta também os APPs. Como mencionado anteriormente, as mídias digitais estão realmente dominando o mercado. Segundo a AppAnnie houve um aumento geral de 7% no download dos APPs de varejistas e 10% nos downloads de app de varejista no segmento de moda.

Dia dos Namorados no E-commerce

Diferencial e Fator Decisivo de Compra

Site e Aplicativos

Existe uma diferença no olhar entre os casais casados e namorados quanto a avaliação e os critérios de compra. De acordo com a pesquisa da Google Survey, usabilidade, informações e/ou avaliação de produtos e novidades frequentes são apontadas pelos casados. Já os namorados consideram preço, promoção, desconto conteúdo diferenciado como pontos mais relevantes na decisão da compra.

Importância dos Serviços

Sobre os diferenciais específicos dos e-commerce, o frete grátis e o prazo de entrega se destacam frente aos casados enquanto os amorados prezam mais as condições de pagamento e diversidade de produtos.

Dia dos Namorados no E-commerce

Construção da Marca

Algumas marcas geram identificação com as datas comerciais. Isso impulsiona organicamente as vendas, estimula o relacionamento e aumenta o envolvimento do público. Porém, são poucas as marcas de varejo associadas ao dia dos namorados. As que se posicionam e promovem identificação, geram share of mind o que reflete diretamente no market share.

Representatividade Importa

Se sua empresa pretende alavancar as vendas no dia dos namorados, preste atenção nesta informação: 64% dos casais não se sentem representados na mídia. E ainda, 69% gostaria de ver maior diversidade nos materiais de comunicação. Dentro do segmento dos namorados, ou seja, de pessoas que ainda não casaram (ou não se consideram casadas) esse número chega a 76%. Os dados são da Google Survey.

Quando se trata de representatividade, é importante destacar que a comunicação deve ser diversificada. Ou seja, trazer casais homossexuais, transexuais, de diferentes idades e etnias como protagonistas da peça. O que se vê hoje, em mais de 50% das situações, são casais Hétero Cis e, os dados apresentados pela Google Survey mostram que, a representatividade diversificada importa para mais de 60% dos consumidores.

Redes Sociais, Dia dos Namorados e E-commerce

Talvez para quem assistiu a série Black Mirror da Netflix, saber que nosso perfil é mapeado na internet seja só “mais do mesmo”, ou seja, nenhuma novidade.

Quando entramos em dados numéricos é que temos a dimensão disso. Saber que 62% dos internautas estão em algum relacionamento é no mínimo uma informação interessante pro mercado B2C. Quando o marketing tem acesso a informação de que desses, 44% estão namorando, 43% são casados, 8% noivos e 6% se dizem em um relacionamento casual, a comunicação certamente terá uma possibilidade de acerto muito maior.

Dia dos namorados no e-commerce

O material da Google Survey traz ainda a informação de que 52% dos casais pretendem presentear neste dia dos namorados. Os namorados se antecipam na pesquisa e compra do presente ideal. Quanto a isso, 63% dos namorados se adiantam neste aspecto. Dentre os casados 50% tem esse perfil.

Quando o assunto é quantidade e quanto gastar, os perfis se cruzam. Enquanto 52% dos namorados pretendem dar dois ou mais presentes os casados pretendem gastar mais em um único presente.