Site responsivo vs Site mobile. Qual escolher para minha loja?

Hoje em dia todo mundo sabe o quão importante é ter um e-commerce que seja acessível a qualquer tipo de público, especialmente o mobile. Já sabemos que a velocidade interfere no rankeamento de sua loja no Google, mas um fator tão importante quanto neste quesito, é a experiência do usuário ao acessar sua loja em dispositivos móveis, tanto que existe uma ferramenta do Google com a finalidade de testar a experiência do usuário em telas menores.

Com essa informação, há basicamente duas formas de servir sua loja para este tipo de usuário; site responsivo ou um exclusivo para mobile.

Site responsivo e mobile? Qual a diferença?

De forma bem simples, site responsivo é o site que de adapta em qualquer dispositivo e tamanho de tela de forma automática. É o tipo de site que você redimensiona a janela do navegador, e percebe elementos se adaptando à tela. Um grande case desenvolvido por nós (e que terá um post específico no futuro) é o da loja Pitanga SP.

Já o site mobile é aquele em que toda a experiência de navegação é exclusivamente voltada ao mobile, ou seja, mais importante do que ter um layout bonito (embora também fazemos :D), é a facilidade do usuário de atingir seu objetivo, baseado com o que sua loja procura oferecer à este cliente (seja encurtar uma jornada de compra ou simplesmente focar em informações sobre em qual loja física encontrar determinado produto). Este site também se adapta em qualquer dispositivo e tamanho de tela, mas é diferente do site exibido em resoluções maiores (desktops e notebooks).

Qual devo utilizar para minha loja?

Infelizmente isso não é uma receita pronta e sua escolha deve-se basear em qual estratégia você busca, ou até mesmo, qual é o público-alvo do site. Mas como somos especialistas no assunto, vamos te dar alguns prós e contras das duas situações:

Site responsivo

Prós:

  • A URL do site é a mesma para todos os dispositivos;
  • Não é preciso ter códigos para detectar o dispositivo do usuário e fazer redirecionamentos;
  • Costuma ser mais flexível para o desenvolvimento (especialmente se você tiver uma equipe de Criação e Desenvolvimento sincronizada);
  • Ganha pontos com o Google (evita redirecionamentos de URL e simplifica compartilhamento de links);
  • Pode gerar um melhor retorno sobre o investimento (ROI).

Contras:

  • Páginas muito complexas demoram mais tempo para carregar no mobile;
  • Não oferece uma experiência do usuário exclusiva para dispositivos móveis;
  • Código complexo suscetível a erros;
  • Mais difícil de integrar com aplicativos feitos especialmente para mobile.

Por outro lado temos o site mobile:

Prós:

  • Permite ir mais longe na usabilidade e na acessibilidade para dispositivos móveis;
  • Permite uma experiência única de acordo com sua preferência para este público;
  • Acaba tendo um tempo de carregamento menor devido aos códigos e otimizações exclusivos para esses dispositivos;
  • Melhor opção para criar targets diferentes entre desktops/notebooks e dispositivos móveis;
  • Menor tempo de desenvolvimento;
  • Manutenção mais fácil e menos demorada que a de um site responsivo.

Contras:

  • Pode prejudicar no tráfego orgânico por ter duas URLs ou tipo de conteúdo diferente;
  • Exige mais gastos por ser um site à parte, ao invés de unir gastos com um site único para todos os dispositivos;
  • Não ganha pontos com o Google para rankeamento.

Conclusão

A solução ideal pode ser diferente para cada tipo de e-commerce, e assim como dissemos acima, sua escolha deve-se basear em qual estratégia você deseja para este público.

Há outros fatores que podem ter um peso significativo na sua escolha. Aqui na Santa Fé/FALOMI, tivemos que ter essa decisão com o cliente Cosama. Nele pegamos um projeto já desenvolvido, voltado exclusivamente para desktops e notebooks. Com isso, era muito mais viável desenvolver algo novo e específico para mobile, com foco na melhor experiência de navegação possível, do que ter que adaptar um código pronto para todos os outros tipos de dispositivos e tamanhos de tela. Com um site mobile, tivemos tempo para fazer as otimizações necessárias na versão desktop/notebook, além de aplicar as nossas metodologias que geram mais conversão para o público mobile, com base em dados que já funcionaram com outros clientes.

E você? O que está esperando para ter uma loja que converta mais no mobile? Vem com a gente!